Pacificação: acordos exigem comprometimento e validação

http://www.claudiagrabois.jur.adv.br

Algumas pessoas afirmam que não sabiam sobre direitos e deveres antes de assinar acordos.
Outras afirmam que não sabiam sobre o leque de possibilidades antes de iniciar um processo judicial.
Afirmam, ainda, que não avaliaram consequências.
De fato, informação, conhecimento, prioridades e compromisso são imprescindíveis para que decisões sejam tomadas e validadas por quem terá a obrigação de cumpri-las. Por exemplo, um acordo razoável para as partes pode ser melhor do que uma decisão judicial, mas, de nada adianta assiná-lo se não for devidamente validado.
Agora, decida com o conhecimento dos seus direitos e a compreensão de que o amplo contraditório é também um direito.
A complexidade da vida das pessoas não é contemplada pela lei, mas, elas, as leis, precisam ser respeitadas, assim como as decisões judiciais devem ser cumpridas. Neste mesmo sentido, pedidos de efeito suspensivo nem sempre são concedidos; depende da especificidade de cada caso, das possibilidades, dos dispositivos legais, da jurisprudência e do entendimento
do magistrado, ou seja, não há garantias: a advocacia é uma profissão de meios.
Avalie o seu contexto, necessidades e demandas, considerando a legislação.
Conheça os seus direitos. Conheça os seus deveres. Conheça as leis. Reflita e considere “custos emocionais”, via de regra, antes de decidir.
Seja em acordos extrajudiciais a serem homologados a acordos em litígios em curso, comprometimento é fundamental. Valide e comprometa-se consigo mesmo. Conheça os seus direitos e o leque de possibilidades. Sempre que possível, busque a via da pacificação, do consenso e da ressignificação.

#prevenção #informação #pacificação #decisão #validação #ressignificação #reconstrução #interfaces #direitos #justiça #paz Conheça os seus direitos

Publicado por Grabois Law Office Brazil

Advogada - membro da Sociedade Internacional de Direito de Família - International Society of Family Law (ISFL), associada ao Instituto Brasileiro de Direito de Família e presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência (IBDFAM), ao Instituto Brasileiro de Direito Empresarial (IBRADEMP), à Associação Brasileira de Direito à Educação (ABRADE) e à Associação Internacional de Advogados e Juristas Judeus - International Association of Jewish Lawyers and Jurists (IAJLJ) . Advogada - Attorney at Law - Avocat Family Law and Laws of Succession, Private international Law, Hague Convention, Business Law, Real Estate Law, Education Law. Membro da Ordem dos Advogados do Brasil(OABRJ) www.claudiagrabois.jur.adv.br grabois.adv@gmail.com +55 (21) 21731168 (21) 994203816 (21) 980857321 https://www.facebook.com/ClaudiaGraboisAdvocaciaConsultoria Skype: Claudia Grabois Escritorios: Barra da Tijuca e Centro - Rio de Janeiro / Brasil

Um comentário em “Pacificação: acordos exigem comprometimento e validação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: